Voltar

Dec 21, 2023

Uma historia para o Natal... e nao só

Inicios do século XX.
 
 
Imagina por um momento,  um escritor Inglês bastante popular, a viver a boa vida dos frutos do sucesso dos seus poemas. Um ano depois de se ter mudado para Paris e ter casado, rebenta a 1ª Guerra Mundial alistando-se prontamente. Foi recusada a sua admissão devido a um problema de saude. Não desistiu, e conseguiu "servir" como soldado maqueiro e motorista de ambulância para a Cruz Vermelha.
Como podemos conceber na nossa imaginação, estar num cenário de guerra não deve ser a coisa mais apetecível do mundo, mas este homem cumpriu tão bem o seu serviço, que lhe foram atribuídas 4 medalhas. Mas esse não foi, na minha opinião, o seu apogeu naquela guerra. Para mim, ele destacou-se ao ter usado o seu dom para a poesia para animar os soldados nas trincheiras. Soldados esses desmoralizados, cansados e certamento duvidosos da sua missão em algum momento. Será que nós, enquanto soldados da vida, não temos momentos desses de quando em quando?
Por isso, quando te sentires assim...
 

... PROSSEGUE

É fácil lutar quando tudo está a dar,
E estás louco com a emoção e a glória;
É fácil aplaudir quando a vitória está para vir,
E te espojas em campos de escória.
A música é diferente quanto tudo acaba de repente,
Quando te sentes terrivelmente mortal;
Quando são dez contra um e o sucesso é nenhum,
Anima-te soldado e casquina:
 
Prossegue! Prossegue!
Existe pouca força no teu golpe.
Estás ofuscante, pasmado e a disparar às cegas;
Estás lamacento e sangrento, mas nunca te negas.
Prossegue! Prossegue!
Estás sem hipóteses de vencer.
E a morte avança uma posição, mas enquanto tiveres coração,
Prossegue, meu filho! Prossegue!
 
---------------------------------------------------------
 
E assim na dura avenida, da batalha da vida
É fácil lutar quando estás a ganhar;
É fácil ser escravo, passar fome e ser bravo,
Quando a alvorada do sucesso está a começar.
Mas o homem que consegue receber o desespero e a derrota
Com alegria, esse é o homem que Deus pode escolher;
O homem que consegue lutar com a altura dos Céus a igualar
É o homem que consegue lutar quando está a perder.
 
Prossegue! Prossegue!
Nunca antes as coisas estiveram a fraquejar.
Mostra que não tens veia de acanhado,
E que apesar de sem sorte não és um fracassado.
Prossegue! Prossegue!
Prepara-te para voltar a atacar.
Parece o inferno e dificilmente seguirás dizendo:
Prossegue, meu velho! Prossegue!
 
---------------------------------------------------------
 
Existem aqueles que derivam nos desertos da indecisão,
E alguns que na brutalidade se espojam;
Existem outros que conheço, que na piedade têm apreço
Por causa de um paraíso que desejam.
Mas trabalhar com sabor, e dar o teu melhor,
Pela doçura e alegria da partilha;
Ajudar as pessoas no caminho com uma mão e uma canção;
Ora, aqui reside a fama de uma vida que brilha.
 
 
Prossegue! Prossegue!
Luta o bom combate verdadeiro;
Acredita na tua missão e saúda a vida com animação;
Existe trabalho a cumprir primeiro, e essa é a tua realização.
Prossegue! Prossegue!
Deixa o mundo ser o melhor para ti;
Para quando finalmente morreres, sejam estes os teus dizeres:
Prossegue, minha alma! Prossegue!
 
 
Robert William Service